Desert Safari Dubai


Rub' al-Khali  -Desert Safari Dubai (Safári no deserto)

 
O safári no deserto de Dubai é uma das excursões mais procurada e imperdível. O passeio consiste numa espécie de rally no deserto, com a possibilidade de apreciar um lindo pôr-do-sol, além de conhecer um acampamento com decoração rústica que imita o estilo de vida das tribos beduínas da região.
O trajeto de 60 quilômetros é feito num confortável veículo com ar condicionado, enquanto o guia explica detalhes interessantes do país. No caminho até o deserto é possível admirar a paisagem da zona rural, ver onde será a Universal Studios Dubai, além do movimentado Dubai Outlet e o curioso circuito onde são realizadas corridas de camelos.


As excursões são realizadas por diversas operadoras, a empresa escolhida passa no hotel para buscar os passageiros, geralmente o carro e o motorista serão os mesmos que farão todo o passeio. Há espaço para 6 pessoas, mais o motorista.  
Existem diversos tipos de safáris, o mais procurado é o do final da tarde, com show e jantar que dura em torno de seis horas, mas há também a opção para dormir no acampamento sob as estrelas do deserto.
Os veículos 4x4 usados nos safáris off-road são todos preparados para o caso de um eventual acidente, assim como os motoristas são treinados em primeiros socorros. Todos os veículos possuem cintos de segurança e os passageiros devem utilizá-los o tempo todo.

............................................................................................................................................................. 
Rub' al-Khali, o Deserto da Arábia
O Rub' al-Khali que em árabe significa "o quarteirão vazio", é um dos maiores desertos de areia do mundo, possui dunas mais altas do que a Torre Eiffel, com cerca de 330 metros de altura. A temperatura pode chegar abaixo de zero até 60 graus.
Todos a bordo, o motorista dirige para fora da cidade em direção do Deserto da Arábia, o percurso demora cerca de 40 minutos. A primeira parada é feita numa espécie de ponto de encontro com outros carros da mesma empresa. Enquanto os guias/motoristas aproveitam para esvaziar os pneus para poder dirigir melhor nas dunas, pois esse é o segredo para o carro não atolar na areia.


Todos os carros saem juntos como se fosse uma caravana no deserto, o que torna o passeio ainda mais divertido, uma vez que você não estiver chacoalhando no seu carro, poderá ver as manobras dos outros autos.
No caminho até o deserto é feito uma parada em uma tradicional fazenda de camelos (Camel Farm), onde é possível ver camelos de todos os tamanhos.
O Deserto da Arábia possui quilômetros e quilômetros de dunas, uma verdadeira montanha russa de areia sem fim, num lugar mágico, exótico e inesquecível.

 
Com ou sem emoção?
Ao chegar nas dunas, o carro serpenteia por 30 minutos pelas areias, então, o guia pergunta como os passageiros preferem o passeio “com emoção ou sem emoção”. Se todos concordam, o passeio com emoção é feito com manobras radicais, por alguns momentos parece que o carro vai capotar, a adrenalina aumenta quando a areia voa em direção aos vidros, impedindo por alguns segundos a visão. O carro desliza nas dunas, entre curvas vertiginosas, subidas e descidas. Em alta velocidade o habilidoso e destemido condutor chega a decolar completamente o veículo, o que provoca uma mistura de medo e emoção.

 
Dunas e mais dunas
É feita mais uma parada, mas dessa vez nas dunas. A paisagem é deslumbrante. No local é possível desfrutar, brincar na areia ou simplesmente apreciar o momento. Mas a parada mais esperada, sem dúvida é para apreciar o pôr-do-sol, afinal, ver o sol sumindo atrás das dunas alaranjadas é realmente imperdível. Depois de apreciar tamanha beleza, o safári continua rumo ao acampamento.


O passeio dura cerca de 6 horas. O trajeto de volta não é o mesmo da ida, é feito por uma estrada normal, e com uma parada rápida, dessa vez apenas para encher os pneus.
 
Acampamento beduíno
Ao chegar ao acampamento é servido um café aromático árabe chamado gahwa, doces típicos e tâmaras frescas. Além disso, são oferecidas diversas formas de entretenimento.


Enquanto o jantar não é servido, é possível comprar artesanatos e souvenir, fazer tatuagens de hena, além de experimentar shisha ou hubby- bubby, espécie de narguilé árabe.
O acampamento tem a intenção de reproduzir como as antigas populações dos Emirados viviam até poucos anos atrás, além disso, é servido um jantar tipicamente Árabe com direito a show de dança do ventre, com direito a muitos véus, almofadas e tapetes persas.


Do lado de fora do acampamento pode-se andar grátis de camelo, além andar de quadrículo ou descer uma pequena duna de sandboard (surf na areia), todos pagos a parte.
Andar de camelo é uma experiência estranha. O camelo fica deitado e para levantar ele usa a pata da frente para ficar de joelho, depois ele levanta as patas traseiras por completo e só depois termina de levantar as patas dianteiras, portanto, segure firme, do contrário poderá cair.
As temperaturas podem cair drasticamente no deserto durante a noite, por isso, se for necessário os anfitriões locais acendem uma fogueira quando começa a ficar frio.
 
Jantar
O jantar é servido a céu aberto, um delicioso churrasco árabe acompanhado por comida internacional e pratos típicos, além de uma variedade de petiscos, saladas e doces.


Não há reserva de lugares, mas procure sentar nas mesas da primeira fila para ter uma melhor vista do show. Muitas pessoas escolhem seus lugares e deixam algo que não seja de valor na mesa, um lenço, uma sacola, assim podem percorrer o acampamento tranquilo e depois voltar para ver o show.
 
Show
No fim do jantar começa o show de dança do ventre, dervixe e outras apresentações típicas. A dançarina do ventre não se apresenta durante Ramadã. O hipnotizante espetáculo de dança folclórica contagia a todos, principalmente quando a dançarina começa a convidar as pessoas para dançar no “palco”.

............................................................................................................................................................. 
Tipos de passeios:
Normalmente, as agências oferecem vários tipos de passeios, os mais comuns são:
Tour manhã: É uma ótima opção para quem tem pouco tempo, além de ser a mais barata. A visita ao deserto é feita na primeira hora da manhã.
Tour com Jantar: Muito mais completo do que antes. Além do safári no deserto, nesta excursão é possível apreciar o pôr do sol no deserto, além de ir para um acampamento beduíno que inclui jantar e dança do ventre.
Tour de vários dias: Aqueles que desejam passar uma noite no deserto pode também torná-lo possível em Dubai. Definitivamente o deserto é um dos melhores lugares do mundo para apreciar as estrelas.


Melhor época:
O safari é feito todo ano, mas a melhor época para desfrutar este tipo de atividade é entre outro a abril, quando as temperaturas não são tão extremas.
 
Desfrute desta experiência que parece ter vindo diretamente de As Mil e Uma Noites.

bwd  Página 1/3  fwd

.............................................................................................................................................................

Poderá também gostar de:
O que fazer em Dubai
Vai visitar Dubai ou tem vontade de conhecer? Saiba quais são as principais atrações da cidade.
Phnom Penh
A capital do Camboja, conhecida como a "Pérola da Ásia".
O que fazer na Índia
Surpreendente, barulhenta, bagunçada e ao mesmo tempo fascinante, sem dúvida a Índia é um país de contrastes e inte
Baía de Halong
Localizada no litoral norte do Vietnã, a Halong Bay é um Patrimônio Natural da UNESCO e uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo.

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish