Córdoba



Localizada na Região da Andaluzia, Córdoba tem uma atmosfera especial, uma mistura das civilizações romanas, árabes, judaicas e cristãs, um legado vivo de diversas culturas que se estabeleceram ao longo de sua história.
Fundada pelos romanos em 169 a.C, mas alcançou seu apogeu no domínio mulçumano quando em 756, Abderramán I a converteu em capital da Espanha mulçumana. Até 929, a cidade era uma das cidades mais próspera da Europa, possuía 1000 mesquitas, 600 banhos públicos, iluminação, além de uma renomada universidade. O decline chegou no século XI . Todas as mesquitas, exceto a Grande Mesquita foram substituídas por igrejas.
Seu centro histórico foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1994, é um dos maiores do mundo, pois abriga 11 igrejas fernandinas, um jardim botânico, casas palacianas, o Alcazár de los Reyes Cristianos, a Sinagoga, os banhos califados, além de alguns museus.
Sem esquecer o seu passado glorioso, Córdoba é uma cidade moderna, que se adaptou com o tempo e oferece uma moderna infraestrutura.
Descubra Córdoba e veja que a cidade vai muito além da mesquita.
................................................................................................................................................................. 
 
O que fazer em Córdoba?
 
Mesquita-Catedral de Córdoba (Mezquita)
Localizado no centro histórico da cidade, a Mezquita-Catedral de Córdoba, atualmente Catedral de Santa Maria, é um dos melhores exemplos da arte muçulmana na Espanha. Declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO Em 1984.


Destaques
Patio de los Naranjos
Puerta del Perdón
Capilla Real
Catedral
Arcos e Pilares
Coro
Capilla de Santa Teresa e Tesouro
Mirhrab
................................................................................................................................................................. 
Puente Romano e Puerta
A ponte que cruza o rio Guadalquivir, liga as margens da cidade há mais de dois mil anos com o castelo de Calahorra e acredita que foi construída por Júlio César.

 
Destaques
Vista ao entardecer da mesquita iluminada
Estátua de San Rafael, de 1651
16 arcos
Puerta del Puente

................................................................................................................................................................. 
Museo Taurino
O casarão do século XVI abriga o museu dedicado a história das touradas em Córdoba.


Destaques
Pátios
Objetos de toureiros cordobeses
................................................................................................................................................................. 
Sinagoga
A sinagoga de Córdoba embora muito pequena é uma das mais significativas de toda a Espanha e a mais bem conservada das casas de oração dos judeus da Idade Média. Construída por Ishap Moheb em 1315 (ano 5075 do calendário judeu). Com a expulsão dos judeus em 1492, a sinagoga foi transformada em hospital, em 1588 usada pelos cristãos, já no século XIX, foi convertida em creche. Em 1885 foi declarada Monumento Nacional.

 
Destaques
Porta de entrada decorada com estuque mudéjar
Três pequenas varandas formando um arco com salmos
Tabernáculo
Atauriques (ornamentos que formam estrelas de quatro, seis e oito pontas)
................................................................................................................................................................. 
Templo Romano
O Templo do século está localizado ao lado da prefeitura, tudo indica que foi um grande templo, dedicado aos deuses mitológicos.

Foto: Flickr Cruccone
................................................................................................................................................................. 
Capilla de San Bartolomé
Construída entre os séculos 14 e 15, a igreja gótica-mudéjar permaneceu em funcionamento até o século 18, quando foi fechada e só reaberta em 2010 após restauração.


Destaques
Referências muçulmanas e cristãs
Elementos islâmicos, góticos e românicos
Retábulo barroco
Pórtico com três arcos na entrada principal
Paredes decoradas com azulejos
Adornos e inscrições mouras
Mosaicos
................................................................................................................................................................. 
Palacio Episcopal / Museo Diocesano
O Antigo Palácio Episcopal foi amplamente reformado no século XVI e desde 1989 abriga o Museo Diocesano, que reúne uma importante mostra do patrimônio artístico da igreja de Córdoba.


Destaques
Coleções de pinturas
Esculturas
Mobiliário
Antiga capela com retábulos barrocos
................................................................................................................................................................. 
Callejón de las Flores /Rua das flores
A rua sem saída é muito estreita e está cheia de vasos com flores, a rua típica da Andaluzia, com lindas casas e seus balcões repletos de flores. A rua acaba numa pequena praça onde se pode contemplar a torre da catedral.


Destaques
Vista da torre da catedral
Casas brancas enfeitadas com flores
................................................................................................................................................................. 
Museo das Três Culturas - Torre de la Calahorra
A Torre de Calahorra é uma fortaleza de origem islâmica concebida como entrada e proteção da Ponte Romana de Córdoba, hoje briga o Museu que busca difundir a cultura de Córdoba e da Andaluzia e a contribuição trazida pela convivência dos povos cristãos, muçulmanos e judeus.


Foto: Flickr blogefl

Destaques
Mostra audiovisual no interior
Vista da cidade
................................................................................................................................................................. 
Museo de Bellas Artes
O museu que expõe obras de pinturas e escultures cordobeses está localizado no edifício medieval do Hospital de la Caridad, que data do século XVI, que fica na antiga igreja, entre outras salas.


Destaques
Esculturas de Mateo Inurria (1867-1924)
Obras de Valdés Leal, Zurbarán e Murillo
................................................................................................................................................................. 
Museo Arqueológico
O Museu ocupa o Palacio de los Paez de Castillejo, o edifício foi construído sobre uma estrutura romana e abriga coleções de mosaicos e cerâmicos, além de uma grande coleção de peças que vão desde a pré-história a Idade Média.


Destaques
Bela porta do século XVI
Resto de uma escadaria romana
Afrodite agachada
Sala da cultura Ibérica
Sarcófago paleocristã (arte produzida por cristãos)
Coleção de moedas de todas as épocas
Coleções de mosaicos
................................................................................................................................................................. 
Museo de Etnobotánica y Jardín Botánico
Criado em 1980, o Museu de Etnobotânica e Jardim Botânico de Córdoba mantém uma ampla representação da flora da Espanha e, sobretudo, da flora da Andaluzia.


Destaques
Arboretum (árvores e arbustos de todo o mundo)
Escola de Botânica do Jardim das Rosas
Coleção de fósseis paleobotânicas
................................................................................................................................................................. 
Museo Julio Romero de Torres
Um dos museus mais visitados da cidade que abriga o trabalho e objetos pessoais do pintor Julio Romero de Torres que nasceu nesta casa e retratou da melhor forma Córdoba.


Destaques
Exposição dedicada exclusivamente a Córdoba
Paletas e pincéis
Biblioteca
Móveis
Objetos pessoais
................................................................................................................................................................. 
Medina Azahara
Considerado um dos sítios arqueológicos mais importantes da Espanha, está localizado a 7 km Córdoba, estas imensas ruínas formavam parte do enorme Palácio do califa Abderramán III.


Destaques
Museu
Casa do Exército
Salón Rico ou Salón de Abderramán III
Grand Pórtico
Ruínas no meio de uma paisagem quase desértica
................................................................................................................................................................. 
Patios de Córdoba
Devido ao clima seco de Córdoba, primeiros os romanos e depois os mulçumanos adaptaram suas casas centradas em torno de um pátio, geralmente com uma fonte e com abundante vegetação para aumentar a sensação de frescor.


Destaques
Peças de cerâmicas
Azulejos
Patio na Calle San Basilio, 50
Patio do Palacio de los Marqueses de Viana
Patio do Palacio Episcopal
Patio del Círculo de la Amiztad

Dica: A melhor época par visitar os pátios é durante o festival de los Patios Cordobeses, que se celebra em maio. É uma ocasião única, pois a vizinhança abre suas portas e permite ao visitante o acesso aos pátios.
.................................................................................................................................................................
Plaza de la Corredera
É a praça mais popular e mais pitoresca, a única em seu gênero em toda Andaluzia. A praça típica espanhola é cercada por edifícios interligados. Tem esse nome porque no local eram realizadas corridas de touros.

................................................................................................................................................................. 
Palácio de Viana de Córdoba
Originalmente palácio dos marqueses de Viana, é uma excelente oportunidade para ver como vivia a os nobres espanhóis. Durante a visita guiada de uma hora é possível cruzar vários salas repletos de antiguidades, além de conhecer o conjunto de 13 pátios com o melhor do paisagismo e da arquitetura da Andaluzia.


Destaques
Pátios
Antiguidades
Candelabros
Quadros
................................................................................................................................................................. 
Bairro da Judería
Entre ruas estreitas e lojinhas o bairro da Judería reserva tesouros inigualáveis. O antigo bairro judeu é repleto de restaurantes, bares de tapas e ateliês, além das tradicionais casas brancas de cal, com belos pátios e floreiras.


Destaques
Zoco, o mercado municipal com arco emoldurado por ladrilhos
Praça de Tiberíades, que abriga a estátua de Maimônides, ou Moisés ben Maimón (1135-1204)
Sinagoga de Córdoba
Casa de Sefarad
Antiga muralha colada à Puerta de Almodóvar
................................................................................................................................................................. 
Alcázar de los Reyes Cristianos
Este palácio fortificado foi construído rei Alfonso X para servir como fortaleza e residência em 1328. Entre 1500 e 1820 foi sede da Inquisição e usado como prisão até 1950. Possui magníficos jardins. Declarado monumento histórico em 1931 e faz parte da área de Patrimônio Histórico da UNESCO.

Destaques
Mosaicos romanos
Sarcófago romano esculpido
Capela gótica na torre
Fontes
Paseo de los Reyes
Fabulosos jardins em estilo árabe
Fontes
Museu com mosaicos romanos dos séculos 1 a 3
Torres
................................................................................................................................................................. 
Caballerizas Reales
Construído em 1570 a mando de Felipe II em uma parte do solar de Alcázar da cidade, o estábulo foi criado para colocar em prática seu projeto de criar uma das melhores raças de cavalos, o chamado cavalo andaluz, pura raça espanhol. Hoje é a sede de espetáculos equestres.

Foto: José Luis Gutiérrez
................................................................................................................................................................. 
Convento de la Merced
Fundada no século XIII e reconstruída no XVIII, neste convento se hospedou Cristóvão Colombo enquanto espera para ser recebido pelos Reis Católicos. 


Foto: Juan de Dios Vílchez Pérez
 
Destaques
Entrada principal barroca
Observação: Só é possível visitar a parte de fora do monumento.
................................................................................................................................................................. 
Casa de las Campanas
A Casa de las Campanas, também conhecida por Casa de Las Siete Revueltas, é um dos poucos exemplos de casa mudéjar em estilo mouro de Granada que se conservam na cidade.
 

Foto: Artencordoba

Destaques
Fachada principal
Pátio na Câmara dos Sinos
Arcos
Arte mudéjar
................................................................................................................................................................. 
Casa del Bailío
Este edifício formava parte de um grande palácio, foi construído depois da expulsão dos mulçumanos da cidade. Em seu interior se encontra a Biblioteca viva de al-Andalus que tem o objetivo de difundir a cultura clássica andaluza.


 

Destaques
Fachada
Biblioteca
................................................................................................................................................................. 
Igreja de San Lorenzo
Construído sobre as fundações da mesquita de Al-Mugira, sua torre foi adaptada de um minarete.


Destaques
Fachada de roseta
Iluminação noturna
Retábulo do século XVII
Afrescos do século
................................................................................................................................................................. 
Iglesia de Santa Marina de Aguas Santas
A igreja de Santa marina se caracteriza pelo aspecto de fortaleza é uma das mais importantes da Reconquista.


Destaques
Fachada
Capilla de los Orozco
Retábulo da Virgem de Rosário
Tela de Santa Marina e da Virgem da Luz.
................................................................................................................................................................. 
Plaza de los Capuchinos / Cristo de los Faroles
A Plaza de los Capuchinos abriga a obra de Juan Navarro León, o Cristo de los Faroles. O monumento construído em 1794 possui uma cruz de pedra com Cristo crucificado, cercado por uma pequena vala repleta de lanternas.
 

Foto: José Mariscal 

Destaques
Cruz de pedra
Cristo de los Faroles
................................................................................................................................................................. 
Torre de la Malmuerta
Construída entre 1406 e 1408, seu nome faz referencia a lenda popular que conta que um homem matou sua esposa por acreditar que ela era adultera, quando em realidade ela não era culpada. Para se redimir, suplicou perdão ao rei e foi condenado a construir a torre em recordação a esposa que tinha sido “malmuerta”.


Destaques
Lapide com as data da construção
Magnífica vista da cidade
Ponte
................................................................................................................................................................. 
Muralhas
Das muralhas árabes que existiam na cidade, hoje restam apenas ruinas e algumas de suas portas.


Destaques
Puertas la Sevilla (Entre a calle Puerta de Sevilla e a Avenida del Corregidor)
Puerta de Almodóvar
Puente junto a la catedral y reconstruida en el siglo XVI.
Arcos dentro do casco histórico, do Portillo e do Belén.
................................................................................................................................................................. 
Casa de Sefarad

Conta a história da comunidade sefardí (judeus que viviam na Península Ibérica) na cidade.

Destaques
Objetos relacionados
Detalhes bem conservados da rua do século XVI que abriga a casa
 
Poderá também gostar de:
Arredores de Cardiff
Conheça os arredores de Cardifff, seus castelos, ruínas e tesouros.
Melhores Mercados de Natal da Europa
Não há melhor maneira de passar essa época festiva do que com uma pausa para explorar os melhores mercados sazonais da Europa.
Queluz
Conheça Palácio Nacional de Queluz, o terceiro palácio mais visitado de Portugal.
Madri
Madri é uma cidade conhecida por sua moderna arquitetura e sua agitada vida noturna.

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish